10 dicas para manter suas contas sob controle neste início de ano

10 dicas para manter suas contas sob controle neste início de ano

10 dicas para manter suas contas sob controle_SicoobCocred

Passado o período de festas, janeiro chega trazendo a expectativa de um ano de muitas conquistas. Mas, com ele, vêm os compromissos financeiros: IPVA, IPTU, material escolar, pagamento de viagens que foram ou ainda vão ser feitas, entre outros.

A carga pesada de contas é um teste para o nosso planejamento financeiro. Um escorregão logo no começo pode complicar o controle das despesas pelo ano todo. É preciso estar atento, para que a situação não fuja do controle.

A nossa principal dica é aproveitar as condições de crédito diferenciadas da Sicoob Cocred. A instituição, que está entre as três maiores cooperativas financeiras do Brasil, prepara sempre soluções imperdíveis para essa época do ano. São diversas opções, com taxas justas e prazos de pagamento que atendem a perfis variados de pessoas físicas e jurídicas de todos os segmentos econômicos.

Essa preocupação com os cooperados se reflete em números. A confiança depositada na Cocred e a solidez da instituição, que completa 55 anos no próximo mês de julho, se traduzem em uma carteira de crédito que já ultrapassa os R$ 7,5 bilhões e que cresce ano a ano – dobrou só do final de 2020 pra cá.

Mas não é só isso. Além de representar uma série de vantagens nas horas de aperto, as cooperativas de crédito, como a Cocred, oferecem uma série de benefícios atrelados a isso. Aproveitamos para lembrar alguns deles:

Participação nos resultados

Sempre que as cooperativas de crédito obtêm Sobras, elas são divididas entre os associados, proporcionalmente à movimentação de cada um, ou seja, quem utiliza mais produtos e serviços tem a possibilidade de receber mais.

Gestão democrática

Por meio das assembleias, os associados podem participar das decisões sobre os rumos das cooperativas.

Atendimento personalizado 

O tratamento envolve proximidade, companheirismo e humanização. Na prática, as cooperativas de crédito buscam entender as reais necessidades dos associados e trabalhar para atendê-las.

Desenvolvimento econômico

Em geral, os empreendedores que obtêm crédito a juros baixos ampliam seus negócios e contratam mais pessoas. Logo, essa política de acessibilidade das cooperativas também é um motor na geração de emprego, renda e aumento da qualidade de vida da população local e regional.

Inclusão financeira

As cooperativas de crédito têm uma capilaridade maior que os bancos, impactando muitas pessoas excluídas do sistema bancário. Quanto mais pessoas incluídas no cenário de crédito, mais dinheiro gira nas economias locais e regionais e, com isso, são gerados mais empregos e oportunidades de renda.

Retorno socioeconômico à comunidade local

Esse é justamente um dos princípios das sociedades cooperativas: o bem-estar das comunidades locais. Muitas pessoas precisam de emprego e recursos, tanto nos grandes centros quanto no interior do país. Nesse sentido, as cooperativas de crédito funcionam como uma forma de oferecer trabalho e oportunidade a esses indivíduos.

Educação financeira

As cooperativas não só ofertam crédito como desenvolvem projetos para ensinar as melhores formas de aplicá-lo. Iniciativas para manejar melhor o dinheiro.

Isso porque o problema não está em quanto se ganha, mas em como os recursos são geridos.

Existem estratégias para economizar pelo menor um pouco todos os meses e realizar sonhos.

Neste post, vamos apresentar algumas dicas de como manter o equilíbrio em 2024. Aproveite que o ano está começando, se planeje e tenha uma vida mais tranquila.

Qual a importância da mudança de hábitos para economizar?

Antes de descobrir como economizar, é importante entender que não é possível alcançar esse objetivo sem mudanças na rotina. Esse processo é fundamental para que você possa buscar formas de usar seu dinheiro de maneira mais inteligente, para obter bons rendimentos, ter um valor guardado para momentos de emergência ou planejar uma viagem em família, por exemplo.

Como economizar ganhando pouco?

Pode até parecer difícil economizar ganhando pouco, mas saiba que, mesmo com uma renda menor, isso é possível. O caminho é fazer escolhas mais inteligentes, pensando no custo-benefício.

Uma alternativa é substituir os serviços utilizados no momento por outros com valores mais em conta. Também dá para mudar as marcas que você consome e, até mesmo, trocar os passeios pagos por atividades gratuitas.

Em vez de fazer a compra do mês em um só supermercado, vale acompanhar as promoções realizadas por diferentes estabelecimentos e adquirir os itens por um preço mais baixo. Contar com a ajuda da família também é fundamental para que você consiga economizar no dia a dia, como diminuir o consumo de água e de luz, evitando desperdícios.

Como economizar todo mês?

Vamos conhecer algumas dicas de como economizar todo mês para colocá-las em prática? A primeira delas é repensar o modo como você se locomove. Uma opção é inserir a bicicleta na sua rotina, em vez de usar o carro ou um aplicativo de transporte.

Também vale a pena estabelecer uma quantia para guardar todos os meses, como se fosse uma conta fixa. Se você tem o hábito de sair para comer fora aos fins de semana, pode substituir um deles por ficar em casa e fazer um programa em família.

Economia na prática

Agora, chegou a hora de colocar em prática. Veja, a seguir, uma lista de como economizar ao promover mudanças de hábitos e realizar substituições inteligentes, para que você consiga manter um bom padrão de vida sem gastar muito!

Conheça seus ganhos e despesas

O primeiro passo para economizar é conhecer a relação entre a sua renda e as suas despesas. Então, comece anotando todos os gastos do mês e subtraia do valor que você ganha para conferir quanto sobra. Esse processo é fundamental para identificar os supérfluos que podem ser cortados.

Conte com uma renda menor

Após conferir a diferença entre os seus ganhos e as suas despesas, veja qual é o valor que você pode economizar por mês e comece a contar com um salário menor. Por exemplo: se a sua renda mensal é de R$ 2.550,00, pode contar apenas com R$ 2.500,00 para economizar R$ 50,00 todo mês.

Planeje as compras

O terceiro passo consiste em evitar compras por impulso. Nesse caso, tente planejá-las para aproveitar grandes promoções, como a Semana do Consumidor, a Black Friday e o saldão feito pelas empresas. Também pesquise bastante antes de comprar para encontrar estabelecimentos que oferecem as melhores condições.

Prefira comprar à vista

Evite recorrer aos parcelamentos, seja no cartão de crédito ou em crediários de lojas, pois geralmente há incidência de juros. Com isso, você terá que pagar mais pelo produto. Nesse caso, tente guardar o dinheiro até obter o montante necessário e pague à vista. Assim, é possível negociar descontos.

Repense os seus gastos

Como mencionamos, é difícil passar a economizar mantendo hábitos antigos. Então, repense os seus gastos. Quais serviços realmente são necessários? Existe algum que pode ser eliminado ou é possível contratar um mais barato?

Os locais que você frequenta, como restaurantes e pizzarias, são aqueles com o menor preço? Pense em todos esses fatores e busque sempre o melhor custo-benefício.

Elimine as dívidas

Procure pagar as dívidas do cartão de crédito, do cheque especial ou de qualquer outra na qual estejam incidindo juros. Dê preferência para quitar essas contas o mais rápido possível, já que elas costumam pesar bastante no orçamento.

Defina quanto pode gastar por dia

Após calcular a diferença entre a sua renda e as despesas, provavelmente sobrará um valor. Defina quanto dele você pode gastar e divida essa quantia pelo número de dias do mês. Com isso, é possível obter um montante que poderá desembolsar por dia, evitando gastos desnecessários.

Evite sair com cartão

Sair de casa com o cartão, seja de débito ou de crédito, não é uma boa escolha. Isso porque você pode não ter um controle do quanto está gastando. Logo, prefira sacar o dinheiro e levar somente a quantia que, de fato, vai precisar. Assim, é possível evitar compras por impulso.

Faça uma lista de compras

Sempre que for ao supermercado, faça uma lista de compras estabelecendo a quantidade de cada um dos itens que precisa comprar. Além disso, planeje o cardápio da semana para evitar a indecisão na hora de escolher.

Procure se manter fiel à lista que você fez, lembrando de dar preferência às promoções e as marcas mais em conta. Se possível, evite fazer compras com fome e com crianças.

Pague as contas em dia

É fundamental manter um controle das suas contas mensais para conhecer o prazo de vencimento de cada uma delas. Isso ajudará a manter os pagamentos em dia para que você não tenha que arcar com multas e juros. Aqui, vale utilizar um aplicativo de finanças pessoais e programar débitos automáticos.

Viu só como economizar é mais simples do que parece? Nesse caso, você pode fazer essa economia mesmo ganhando pouco. Basta repensar o modo como usa a sua renda para buscar alternativas que pesem menos no orçamento e façam o seu salário render.

Gostou das nossas dicas? Então, acompanhe nossas publicações para conferir mais conteúdos interessantes e úteis.

Fui vítima de golpe. E agora?

Cocred leva teatro a instituição de Guaíra e abre agência para visita de estudantes

Cocred promove palestras gratuitas durante a Global Money Week

Celular Seguro: conheça o aplicativo que permite informar roubo e furto do aparelho

Fui vítima de golpe. E agora?

Cocred leva teatro a instituição de Guaíra e abre agência para visita de estudantes

Cocred promove palestras gratuitas durante a Global Money Week

Celular Seguro: conheça o aplicativo que permite informar roubo e furto do aparelho

Assine e receba nossos conteúdos exclusivos.

Quer fazer parte de nossa cooperativa?

Então, preencha o formulário abaixo!

Cadastro enviado com sucesso! Em breve, nossa equipe entrará em contato