Dia Nacional do Cooperativismo de Crédito: por que se associar?

Dia Nacional do Cooperativismo de Crédito: por que se associar?

A cada dia, mais pessoas descobrem as vantagens do cooperativismo de crédito. Segundo o Anuário do Cooperativismo 2023, da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), mais de 15,5 milhões de brasileiros estavam associados a uma cooperativa de crédito no último ano, o que correspondia a cerca de 75% brasileiros pertencentes a algum tipo de cooperativa. Em 2021, eram 13,9 milhões; em 2020, 11,9 milhões e, em 2019, 10,7 milhões. 

No Brasil, as cooperativas de crédito são instituições financeiras como qualquer outra, inclusive sob regulação do Banco Central. Só que, diferentemente dos bancos e fintechs, oferecem muitas vantagens, afinal, quem se associa não se torna apenas “cliente”, ou seja, usuário dos serviços oferecidos, mas é “dono do negócio”, com direito a participar das decisões nas assembleias e até da divisão dos resultados. 

As cooperativas financeiras praticam taxas menores e tarifas mais justas porque o objetivo principal não é o lucro, como ocorre nos bancos, mas a prestação de serviços aos cooperados. Aliás, oferecem os mesmos produtos e serviços de outras instituições financeiras, como conta corrente, crédito, modalidades de investimento, cartões de crédito, previdência, consórcio, cobrança bancária, maquininha de cartão etc. 

E porque tem compromisso com seus associados e o desenvolvimento das comunidades onde eles vivem, as cooperativas financeiras chegam aonde os bancos não estão. O Sicoob, sistema do qual a Cocred faz parte, por exemplo, se destaca por ser a única instituição financeira do país presente em mais de 300 cidades brasileiras, desempenhando um papel importante no suporte e fomento das atividades econômicas locais, e na promoção da educação financeira. 

Aproveitamos o Dia Nacional do Cooperativismo de Crédito, celebrado neste 28 de novembro, para apresentar bons argumentos para você se associar a uma cooperativa financeira, como a Sicoob Cocred. 

Atendimento personalizado 

Quando fizer parte do grupo de cooperados, você vai notar que esse tipo de instituição oferece uma equipe de colaboradores especializados no assunto e preparados para tirar dúvidas. Há serviços, por exemplo, como a assessoria personalizada de investimentos. Por isso, podemos dizer que os gerentes de contas são verdadeiros consultores financeiros particulares. 

Juros reduzidos  

Nas cooperativas financeiras, você conta com taxas de juros e tarifas menores porque não há um grupo de acionistas de olho nos lucros do negócio. Logo, a instituição deve cobrar apenas o valor necessário para manter as atividades em dia e capitalizar. 

Participação democrática 

Em uma cooperativa, você não é cliente — mas um membro ativo da instituição. Ao decidir pela associação, a pessoa se torna sócia e tem diversos direitos e deveres registrados no Estatuto Social. Isso faz com que tanto cooperativa quanto cooperados atuem juntos e busquem construir boas oportunidades para os dois lados.  

Além disso, a participação democrática também é enfatizada pela realização de assembleias, nas quais os cooperados participam ativamente das decisões da instituição. E os votos dos cooperados têm o mesmo “peso”. Então, não significa que quem movimenta mais ou tem mais recursos financeiros terá mais poder de voto nas assembleias. 

Segurança financeira 

As cooperativas de crédito têm um fundo garantidor específico para proteger os depósitos dos seus associados. No caso dos investimentos, por exemplo, contam com a proteção do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) até o valor de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ. 

Participação nos resultados 

É importante destacar que o cooperativismo é regulamentado pela lei n.º 5.764/71, como um conjunto de pessoas que contribuem com bens ou serviços para a realização de uma atividade econômica de proveito comum, sem objetivo de lucro. Então, os resultados positivos (lucros) são chamados de Sobras. 

Parte-se do seguinte princípio: como os resultados são obtidos a partir de uma parceria de um ano todo com os associados, é justo que todos participem da divisão. Logo, sempre que as cooperativas aferem “lucro” ao final de um exercício, as chamadas Sobras, esse montante é distribuído entre os cooperados. 

A distribuição é diretamente proporcional às movimentações realizadas por cada um, porque não é satisfatório que uma pessoa que movimenta mais na instituição receba o mesmo valor de quem movimenta menos. Se um membro deseja obter rendimento maior com as Sobras, deve aumentar sua movimentação. 

E por movimentação entende-se o uso da conta corrente, como os depósitos à vista e a prazo, as operações de crédito, como empréstimos e financiamentos, além da reciprocidade por conta da utilização dos produtos e serviços financeiros da cooperativa. 

É importante lembrar ainda que é proibida a distribuição de Sobras tendo como base o capital social, que é o valor que o associado adquire em cotas de capital, geralmente, no momento da associação, com a possibilidade de aportes a qualquer momento. 

Como escolher uma cooperativa de crédito para se associar? 

Analise as taxas  

Um dos principais diferenciais oferecidos pelas cooperativas de crédito é que elas não têm fins lucrativos, o que permite a participação dos seus clientes nos resultados. Nesse sentido, em vez de visar os lucros, as cooperativas focam o proveito comum dos seus associados. 

Esses princípios se refletem em diversas outras questões, como as taxas cobradas e as condições para contratação dos serviços. Dessa forma, o ideal é compreender quais são as principais características, o que deve ser feito por cada cooperado e quais são os valores vigentes. 

Confira o nível de atendimento oferecido  

Um cooperado tem importante função dentro da instituição, uma vez que precisa tomar decisões e exercer o poder de voto. Nesse contexto, é preciso que o atendimento oferecido pela cooperativa seja alinhado às necessidades dele — e que seja respeitoso. 

Durante a análise do atendimento, verifique os canais disponíveis e se a organização conta com uma equipe especializada, para que você consiga resolver qualquer questão de maneira ágil. 

Avalie o desempenho da cooperativa no mercado  

Durante a escolha, é primordial conferir há quanto tempo a cooperativa oferece seus serviços no mercado e como desempenha suas funções. Para isso, é indicado perguntar a um cooperado ou pesquisar, nas redes sociais, as opiniões disponíveis. 

Verifique os serviços oferecidos  

Para escolher uma cooperativa, é importante que ofereça os serviços que você deseja. O recomendado é priorizar uma que apresente um portfólio completo de produtos e serviços. 

Por que se associar à Sicoob Cocred? 

Com 54 anos de existência e quase 66 mil cooperados, a Sicoob Cocred é considerada a terceira maior cooperativa financeira do Brasil e a segunda maior do Sicoob – Sistema do qual faz parte – em volume de ativos, que até novembro de 2023 totalizavam R$ 11,2 bilhões.  

Em mais de cinco décadas, independentemente das crises políticas e econômicas que o Brasil enfrentou, das trocas de moedas e das muitas políticas fiscais, a Sicoob Cocred sempre trabalhou sem medir esforços para apoiar seus cooperados, fomentando os negócios e a geração de empregos. Prova disso é que detém uma das maiores carteiras de crédito do Sicoob, que totalizava R$ 7,4 bilhões em novembro de 2023. 

A confiança gerada pela proximidade com os cooperados e pelo alto grau de relacionamento se expressa ainda na evolução dos depósitos à vista e a prazo, aplicações em Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) e Letras de Crédito Imobiliário (LCIs), que somavam R$ 8,3 bilhões até novembro de 2023. 

E falando de confiança na força e na solidez da cooperativa, destaca-se também a evolução do patrimônio líquido que, em novembro de 2023, totalizava R$ 1,3 bilhão, marca alcançada por poucas cooperativas financeiras do país e que está relacionada não só à adesão de novos cooperados, mas aos aportes de quem enxerga no capital social uma excelente oportunidade de poupar para o futuro. 

Por fim, vale destacar a rede de atendimento da cooperativa, composta por 41 unidades espalhadas em 35 municípios das regiões de Sertãozinho, Ribeirão Preto, Franca, Barretos, São Carlos, São José do Rio Preto, Marília, Bauru, Araçatuba, Uberlândia e Uberaba, além de um Posto de Atendimento 100% digital, que conta com uma equipe destacada exclusivamente para atender esses cooperados. 

Gostou do conteúdo e quer continuar saber mais sobre cooperativismo de crédito e a Sicoob Cocred? Acesse o nosso site institucional clicando aqui. 

Tem dúvidas sobre a Corrida Cooperativa em Dupla – Etapa Serrana? A gente ajuda!

Cocred passa para segmento S3 entre instituições financeiras: maior segurança aos cooperados

Protagonistas: conheça mulheres que fizeram história no cooperativismo

Dia da Integração Cooperativista celebra união de esforços para transformar a sociedade

Tem dúvidas sobre a Corrida Cooperativa em Dupla – Etapa Serrana? A gente ajuda!

Cocred passa para segmento S3 entre instituições financeiras: maior segurança aos cooperados

Protagonistas: conheça mulheres que fizeram história no cooperativismo

Dia da Integração Cooperativista celebra união de esforços para transformar a sociedade

Assine e receba nossos conteúdos exclusivos.

Quer fazer parte de nossa cooperativa?

Então, preencha o formulário abaixo!

Cadastro enviado com sucesso! Em breve, nossa equipe entrará em contato