Farmácias ‘de bairro’ se destacam pela humanização da saúde

Farmácias ‘de bairro’ se destacam pela humanização da saúde

Na contramão da crise, algumas pequenas empresas têm se mantido firmes na pandemia. É o caso das farmácias e drogarias de bairro, que se destacam não só por atuarem diretamente com a promoção de saúde, principal preocupação neste momento, mas porque a maioria das pessoas está optando por comprar itens de primeira necessidade em estabelecimentos próximos de casa, evitando circular pelas cidades.

Segundo dados compilados pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA-USP) e divulgados pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), o setor registrou crescimento de 7,74% nas vendas no primeiro semestre deste ano. Ao todo, as lojas associadas movimentaram R$ 27,4 bilhões entre janeiro e junho, enquanto no mesmo período do ano passado o faturamento foi de R$ 25,4 bilhões.

O resultado foi puxado pelo crescimento de 20,79% nas vendas de medicamentos isentos de prescrição (MIPs) e aqueles que ficam disponíveis no balcão, os chamados OTCs (over the conter, em inglês). A busca por medicamentos gerais cresceu 9%, enquanto a saída de genéricos teve alta de 8%. Itens de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos registraram evolução de 4,91% no período, também segundo levantamento da FIA-USP.

Cooperados da Sicoob Cocred que são proprietários de drogarias confirmam o bom desempenho do setor. Em entrevista à revista Cocred Mais, esses empresários contam como têm se adaptado ao momento, investindo em vendas por canais digitais e no sistema de disque-entrega. Atendimento personalizado e preocupação com as reais necessidades dos clientes também são apontados por eles como diferenciais das farmácias de bairro.

Clique aqui e leia a matéria completa na 38ª edição da revista Cocred Mais.

MEIs: veja datas e valores de tributação importantes em 2024

Entenda como calcular o faturamento de sua empresa

Doces negócios: ramo de confeitarias cresce no Brasil

Por mãos e asas femininas, Heborá valoriza práticas ESG

MEIs: veja datas e valores de tributação importantes em 2024

Entenda como calcular o faturamento de sua empresa

Doces negócios: ramo de confeitarias cresce no Brasil

Por mãos e asas femininas, Heborá valoriza práticas ESG

Assine e receba nossos conteúdos exclusivos.

Quer fazer parte de nossa cooperativa?

Então, preencha o formulário abaixo!

Cadastro enviado com sucesso! Em breve, nossa equipe entrará em contato