Saiba o que é liquidez e como influencia nos investimentos

Saiba o que é liquidez e como influencia nos investimentos

Investir é um ótimo negócio para quem deseja aumentar o patrimônio, mesmo que haja alguns riscos associados. Entre os benefícios de apostar nessa prática, estão os ótimos retornos financeiros e as inúmeras alternativas para investir com pouco dinheiro.

Para quem é iniciante no mercado financeiro, é essencial conhecer os principais conceitos ligados ao assunto. Um deles é o de liquidez: você sabe o que isso significa e a sua importância na hora de fazer um investimento? Chegou a hora de descobrir!

Ao longo deste post, separamos as principais informações sobre o tema, desde o que é liquidez até como fazer uma análise adequada. Dessa forma, você poderá fazer ótimos investimentos e não correr riscos. Acompanhe!

O que é liquidez?

A liquidez representa a capacidade de qualquer ativo de ser transformado em dinheiro, seja um imóvel ou uma modalidade de investimento, como um Recibo de Depósito Cooperativo (RDC), por exemplo. Isto é, o conceito está ligado ao tempo necessário para que um investimento tenha um retorno financeiro em espécie ao investidor, independentemente da rentabilidade.

Qual a sua importância?

Para quem faz investimentos, entender o conceito de liquidez é crucial. Isso porque é a partir do conhecimento da liquidez de um ativo que você poderá descobrir se uma opção é vantajosa ou não para se investir.

Muitas pessoas tendem a levar em consideração apenas os riscos e a rentabilidade ao fazer um investimento. Esses são conceitos importantes, mas a liquidez não pode ficar de fora da discussão; afinal, ela varia entre alta e baixa e, dependendo do caso, pode gerar mais prejuízos do que lucros (falaremos sobre esse tema nos próximos tópicos).

Qual a relação entre liquidez e rentabilidade?

Essa é uma dúvida bastante comum, mas é importante deixar claro desde já: não há nenhuma relação entre liquidez e rentabilidade. Enquanto a liquidez corresponde à capacidade de um ativo ser transformado em dinheiro, o rendimento é o percentual de remuneração que uma pessoa receberá ao fazer o investimento.

Em geral, fazer uma aplicação de alto rendimento, mas com baixa liquidez, é um negócio arriscado. Já uma opção com alta liquidez, mas baixo rendimento, é a mais segura para quem deseja ter acesso ao dinheiro investido no momento que precisar.

Qual a diferença entre alta e baixa liquidez?

Alta liquidez

A principal característica é a possibilidade de resgatar o valor investido a qualquer momento, de maneira prática e rápida.

Baixa liquidez

Ter um investimento de baixa liquidez significa que você não conseguirá tirar o seu dinheiro antes do prazo acordado, ou seja, o ativo vai demorar a ser convertido em dinheiro para uso..

Como identificar uma boa liquidez?

Ao avaliar a liquidez de um investimento, há três pontos importantes a serem considerados. Veja quais são eles:

  • prazo de resgate: representa o período entre a solicitação de resgate e o recebimento do dinheiro. Por exemplo: há bastante dúvida sobre o que é liquidez D+1, e isso representa que, em um dia útil, o dinheiro cairá na sua conta;
  • prazo de carência: consiste no prazo mínimo que o investidor deve respeitar para solicitar o resgate do dinheiro investido;
  • prazo de vencimento: é o período que o investidor deve aguardar para que o dinheiro aplicado tenha o rendimento prometido.

Quanto mais os prazos de resgate, carência e vencimento forem altos, menor será a liquidez de um investimento. Mas, como destacamos, isso não é necessariamente ruim, pois a baixa liquidez apresenta rendimentos maiores, embora você não tenha a possibilidade de tirar o dinheiro na hora que desejar.

Qual a diferença entre liquidez corrente e liquidez diária?

Liquidez corrente

É um indicador que mostra o potencial de uma empresa (com ações à venda) para arcar com seus débitos no curto prazo. Isso significa que, ao apresentar uma grande liquidez corrente, uma organização tem mais chances de pagar seus custos em um período. Por outro lado, uma liquidez corrente baixa representa o contrário: a empresa não conseguirá honrar seus pagamentos no prazo estabelecido.

O investidor deve ficar atento a essa questão e verificar se a empresa na qual pretende investir apresenta um índice ruim, pois isso poderá prejudicá-lo.

Liquidez diária

A liquidez diária nada mais é do que a possibilidade de o valor do investimento ser transformado em dinheiro e debitado na conta do investidor a qualquer momento. Isso ocorre em até 24h após a solicitação do resgate do dinheiro.

Como calcular os riscos?

Quando falamos em risco de liquidez, estamos nos referindo, principalmente, ao fato de um investidor não conseguir resgatar o valor investido no curto prazo. Uma boa estratégia para saber se o risco é alto ou baixo é analisar os prazos de retorno da aplicação. Para isso, considere os seguintes indicadores:

  • liquidez diária: valor disponível um dia útil após o pedido de resgate;
  • liquidez imediata: valor disponível no momento do resgate;
  • liquidez no vencimento: montante disponível somente no dia do vencimento do título;
  • liquidez nula: quando não há prazo para retorno do dinheiro aplicado.

Como a liquidez atua nos principais investimentos?

Não considerar a liquidez ao fazer um investimento é uma prática bastante arriscada. Afinal, se a liquidez for baixa, o valor aplicado não poderá ser retirado quando você desejar, o que pode comprometer diretamente o seu planejamento financeiro.

A dica, ao se investir em um ativo, é usar a liquidez para estabelecer o grau de risco e de estabilidade de um título. Além disso, o ideal é ter uma carteira de investimentos ampla, mesclando produtos de alta e baixa liquidez, para alcançar os melhores resultados.

Depois de entender o que é liquidez, dá para perceber que se trata de um conceito bastante simples, mas crucial para qualquer investimento. A escolha entre aplicações de liquidez alta ou baixa varia de acordo com as necessidades do investidor, sendo necessário ter bastante atenção para fazer uma aplicação vantajosa.

Deseja se aprofundar nos investimentos? Continue sua visita em nosso blog e saiba por que fazer um investimento e como começar!

Fui vítima de golpe. E agora?

Cocred leva teatro a instituição de Guaíra e abre agência para visita de estudantes

Cocred promove palestras gratuitas durante a Global Money Week

Celular Seguro: conheça o aplicativo que permite informar roubo e furto do aparelho

Fui vítima de golpe. E agora?

Cocred leva teatro a instituição de Guaíra e abre agência para visita de estudantes

Cocred promove palestras gratuitas durante a Global Money Week

Celular Seguro: conheça o aplicativo que permite informar roubo e furto do aparelho

Assine e receba nossos conteúdos exclusivos.

Quer fazer parte de nossa cooperativa?

Então, preencha o formulário abaixo!

Cadastro enviado com sucesso! Em breve, nossa equipe entrará em contato